sexta-feira, 20 de maio de 2022

Amplificadores Digitais empregados no reprojeto de som vintage, teste prático! Vantagens e melhorias ao analógico!


 

    Quem disse que os amplificadores Digitais não são bons? Ou que não podem ser usados em aparelhos vintages tais como Vitrolas e amplificadores ou receivers dos anos 70/80? Saiba que em muitos casos aqui a melhor solução é o reprojeto do produto com amplificadores digitais quando o amplificador original queimou ou não se encontram mais peças de reposição que permitam o produto funcionar normalmente! Entre ter seu produto sucateado ou funcional, qual das opções lhe parece interessante?

    Se escolheu Funcional, parabéns esse vídeo pode ilustrar um caso de como os amplificadores digitais podem nos ajudar nos reprojetos/reengenharia de som vintages!



    Os amplificadores digitais classe D, já existem a muitos anos, mas só agora com chips mais modernos alta escala de produção se tornaram mais acessíveis ao mercado brasileiro! Eles trabalham de forma diferente dos antigos amplificadores analógicos classe A/B que usam transistores previamente polarizados para funcionar! Nos amplificadores classe A/B temos os transistores polarizados 100% do tempo independente se existe sinal de áudio ou não, gerando mais consumo elétrico! Outro ponto é que com essa arquitetura analógica é normal o alto aquecimento do sistema fato explicado pelos enormes dissipadores de calor dos amplificadores analógicos, pois sua baixa eficiência (menor que 60%) acaba contribuindo para esse braseiro todo! Alto consumo de energia e alto aquecimento contribuem para um cenário ruim no quesito Som popular (doméstico) onde os consumidores prezam pela economia do sistema e mais eficiência!
    Ai que entra os amplificadores Digitais! Eles trabalham de forma completamente diferente dos amplificadores analógicos, onde o som é convertido em sinais digitais por um conversor AD, depois um chip PWM controlado faz a amplificação calculando novas amplitudes de onda como num computador, e gera um novo sinal PWM que é reconvertido depois por um DA para a saída analógica que vai para os falantes! Resultado, o som sofre amplificação sem gerar alto consumo de corrente e sem gerar quase nenhum calor! Fantástico! Isso é devido ao sistema trabalhar com sinais Digitais, não exigindo tanta potência e consumo, os amplificadores classe D não ficam polarizados todo o tempo como os amplificadores A/B e com isso a redução de consumo é brutal!
    Por trabalhar com sinais digitais a amplificação é feita com modulação PWM mais eficiente chegando em alguns modelos até 95% de eficiência! Uau! Mesmo assim, o amplificador digital mais simples já consegue mais de 80% de eficiência, gerando muito menor calor e muito menos consumo! Resultado, sua conta de energia reduz e seu ambiente fica mais fresco, além de menos pesado comparado aos amplificadores analógicos que requerem uma fonte mais potente para funcionar.
    Os amplificadores digitais também estão associados a fontes Chaveadas PWM que também são menores e mais eficientes dos que as fontes lineares, contribuindo para um espaço mais compacto e isso é o fator decisivo aqui para aplicar esse tipo de amplificador nos reprojetos e reengenharia de Sons Vintages!
    Em receivers temos espaços mais limitados e nem todo o amplificador analógico com a mesma potência do original pode ser usado, não temos como criar espaço extra lá dentro, por isso um amplificador digital consegue mais potência e menor consumo e aquecimento ocupando pouco espaço! E nas Vitrolas o mesmo conceito de menor espaço permite mais criatividade para inserir outros circuitos tais como MP3/Bluetooth colaborando para melhoria de funções e personalização dos projetos! Só benefícios!
    Para aqueles que tem preconceito, ou ouviram falar que " Amplificador Digital não presta, não tem agudos, etc" ai vai este pequeno teste do nosso canal! Gente, estamos tratando de produtos domésticos, Som Residencial e não aparelhos profissionais, portanto os chips amplificadores aqui mostrados e suas famílias derivadas, atendem 100% o gosto do público residencial! Tu que procura a qualidade de Resposta de um sistema Valvulado para Guitarras e Baixo, então claro tu nem compraria um sistema de som residencial para usar, então esse vídeo de fato não é pra tu!
    Tu que usa um som para ouvir diariamente ou discos da sua vitrola que está queimada, então veja a qualidade sonora que poderá ter com um novo amplificador digital!
    Obs: Mostramos aqui apenas um dentre dezenas de modelos, os preços variam dependendo da potência, certos modelos não possuem dissipador de calor (pequeno) pois tem menor potência.Modelos com dissipador pequeno podem ter mais potência,mas não é sinônimo de mais qualidade comparado a outro sem dissipador. O uso de cooler é muito opcional pois raramente é requerido!

Postagem em destaque

Pacote Office de Graça? E sem vírus ou pirataria! Treinamento e Implantação

Suite Office Gratuita para TODOS os Sistemas Operacionais (Windows/GNU-LINUX/MacOSX)   por JMJG Não importa se tu é usuário de MAC-OS, ...

FIQUE POR DENTRO

Comércio Especializado e Prestador de Serviços Técnicos Eletrônicos/Vídeo Produções Técnicas com Sede em São Paulo-Capital CNPJ: 179732170001-80 Visite www.esijmjg.com nosso site Oficial secundário (0X11) 2308-4673 ou (0x11)96435-5881 Grupo JMJG

2008-2020 ⓇESI JMJG SOM&IMAGEM Serviços Técnicos e Vídeo Produções. Tecnologia do Blogger.